Como o Sr. vê a responsabilidade de ser eleito vereador de Ribeirão Preto? 

É uma honra ser vereador em Ribeirão Preto e também um grande desafio já que nossa cidade encontra-se em sérias dificuldades de toda ordem. A população mostrou na última eleição que não quer mais a chamada política do "toma lá dá cá". A população quer gente de bem, preocupada com todos os bairros e com o planejando futuro de Ribeirão Preto. Quer autoridades éticas, com vontade de trabalhar para colocar novamente Ribeirão no caminho certo.

Quais são as suas propostas para as áreas de saúde, educação, transporte e segurança?

Na saúde, precisamos antes de tudo, colocar para funcionar o que já existe, para aí sim, buscarmos novos projetos, que possam acabar com as filas de espera, a falta de medicamentos e o atendimento rápido de especialistas.

Com relação à educação uma das maneiras de colocarmos os jovens no mercado de trabalho é com a construção de escolas profissionalizantes como a Celso Charuri conhecida como SENAI do Planalto Verde. Fui professor lá por muitos anos e vi os jovens entrando na escola e saindo empregados e com uma profissão. Inadiável, também, a construção de escolas de tempo integral, onde as crianças irão estudar e conviver nos períodos matutino e vespertino. Com relação às creches, que é uma outra demanda em nossa cidade, precisamos construir outras e também fazer convênios com entidades filantrópicas.

No transporte a população precisa e merece a destinação de um terminal na área central da cidade, pontos de parada dos ônibus nos bairros que sejam dignos e respeitem o consumidor que paga caro pelo transporte bairro a bairro. É de se destacar, também, que nossa cidade já realizou estudos para o chamado "metro de superfície". É preciso desarquivar e estudar bem esta proposta. Passou da hora de o município pressionar a quem de direito, para a tão esperada internacionalização do aeroporto Leite Lopes e, por consequência, a construção de um novo terminal de passageiros.
Na área da segurança publica a Guarda Municipal Civil deve aumentar seu efetivo, fazer a segurança dos prédios públicos e principalmente, das escolas que muitas vezes são assaltadas ou assediadas por traficantes. O projeto Olhos de Águia não deve se restringir somente ao centro da cidade. Ao contrario deve ser expandido para todos os bairros. Como Analista de Sistemas que sou, vou sugerir a utilização de softwares para ajudar na prevenção dos crimes, não dependendo apenas dos recursos humanos tradicionais.

Existe mais alguma informação que queira salientar?

Sim, a implantação da Região Metropolitana exigirá uma ação permanente do executivo e do legislativo, para que os benefícios possam advir o mais rapidamente possível para todos. 
Quero que a população de Ribeirão Preto saiba que meu gabinete estará aberto para todos. Meu compromisso é de ouvir e apoiar a população de nossa cidade em seus legítimos pleitos. 
Quero deixar um abraço da família Corauci e desejar que fiquem todos com Deus e com o amor de Maria.

0 comentários :

Postar um comentário