Apresentei no último dia 02 de março um requerimento que pede esclarecimentos e cobra a Prefeitura pelo termino das obas do SESI do Planalto Verde.

A Prefeitura tem obrigação de cobrar o termino das obras já que doou através de Lei o terreno e estabeleceu prazo para o final das obras, prazo este já encerrado a muito tempo.

Em reportagem da revista Revide já podemos ver que o meu trabalho vem gerando frutos e finalmente o SESI resolveu se movimentar e correr atrás do termino da obra.

Eu como vereador tenho o dever de fiscalizar o trabalho e acordos firmados pela Prefeitura e este era um dos acordos que não estavam sendo cumpridos.

Leia a matéria publicada no site da revsta Revide por Pedro Gomes:

"Sesi está autorizado a contratar empresa para obra no Planalto Verde.

Grupo estava impedido de contratar desde agosto de 2016, em razão de determinação judicial, após rescisão de contrato com empresa de engenharia.

O Sesi (Serviço Social da Indústria) está autorizado a contratar uma nova empresa para ser responsável pela continuidade da obra de nova escola no Planalto Verde, Zona Oeste de Ribeirão Preto. A empresa escolar estava impedida de contratar desde agosto de 2016.

Segundo o Sesi, por meio de assessoria de imprensa, a empresa HRG Engenharia Ltda., responsável pela construção da unidade educacional, não cumpriu com as obrigações contratuais. Por essa razão, em julho de 2016, a escola notificou a HRG da rescisão motivada do contrato.

Entretanto, a partir de agosto de 2016, por determinação judicial decorrente da ação proposta pela HRG, o Sesi ficou impedido de contratar nova empresa para dar continuidade às obras.

Em fevereiro, essa medida judicial foi extinta, por não ter a HRG cumprindo com as determinações judiciais, permitindo uma iniciação do processo licitatório para contratar nova empresa e finalizar as obras que ainda precisam ser feitas.

Em relação ao problema da sujeira no local, o Sesi esclarece que já tomou providências e a área da escola foi limpa na semana passada. No local, há vigilância 24h, bem como iluminação na área interna. Contudo, existe a questão do descarte de entulhos na área externa por moradores da região.
Atraso

Em nota divulgada pela Câmara Municipal, o vereador Jean Corauci (PDT) apresentou um requerimento, na sessão de quinta-feira, 2, cobrando da diretoria do Sesi informações sobre o andamento das obras de uma unidade no Planalto Verde.

A construção foi definida para ocorrer em um terreno doado pela Prefeitura de Ribeirão Preto, em 2007. Corauci disse que está cobrando o efetivo cumprimento dos termos da lei que definiu a doação, que determina prazos para o projeto. "

0 comentários :

Postar um comentário