JEAN CORAUCI NO PROJETO CÂMARA NA ESCOLA

Em refortagem do informativo do ACRECE (Associação dos Cidadãos Ribeirão-pretanos e Cidadãos Eméritos) em seu edital de maio de 2017 trás o vereador Jean Corauci entregando os certifícados dos alunos da EE Profª "Djanira Velho" que participaram do projeto Câmara na Escola.

Como eu digo sempre aos estudantes: "Caprichem que vocês são o futuro do nosso país e é com muito estudo e valorização dos profissionais da educação que teremos um futuro melhor."


Mais

HOMENAGEM AO DIA DO POLICIAL


Homenagem ao cabo da PM Paulo Roberto Bocchi feita pelo vereador Jean Corauci

Mais

HOMENAGEM DIA DAS MÃES

No último dia 04 de maio foi realizado na Câmara Municipal de Ribeirão Preto a sessão solene em homenagem ao dia das Mães.

Uma homenagem mais do que justa para aquelas são os verdadeiros anjos em nossas vidas. Minha homenageada foi a Sra. Arlete Gobulin Gomes esposa do meu saudoso amigo Wilson Gomes e mãe da Sebastiana Pinho, além de avó e futura bisavó.

Dona Arlete obrigado pelos puxões de orelha que a senhora sempre deu em seus netos e em mim, continue sempre sendo essa pessoa que sempre foi um exemplo de mulher e mãe.

Mais

CPI do Transporte ouvirá secretários da Fazenda e dos Negócios Jurídicos

A CPI do Transporte Coletivo, ouve nesta quinta-feira (11 de maio), às 14h30, o secretário da Fazenda, Manoel Jesus Gonçalves, e o secretário dos Negócios Jurídicos, Alexsandro Fonseca Ferreira. As oitivas serão realizadas na Sala de Comissões e abordarão diversos questionamentos sobre a legalidade e situação financeira do convênio entre a Prefeitura e a PróUrbano.

Presidida pelo vereador Marcos Papa (Rede Sustentabilidade) e que tem como membros também os vereadores Jean Corauci (PDT), André Trindade (DEM), Alessandro Maraca (PMDB) e Paulo Modas (PROS), a CPI quer que o secretário da Fazenda explique sobre inúmeros aspectos de sua competência, envolvendo desde pendências financeiras da Prefeitura e do Consórcio Pró-Urbano, a parte de fiscalização fazendária, contribuições nas auditorias feitas pela Transerp, além de outros assuntos.  

No mesmo dia, a CPI buscará saber do Jurídico da Prefeitura sobre várias polêmicas, desde a legalidade da “quarteirização” da publicidade nos abrigos dos pontos de ônibus até a ação do Pró-Urbano, que conseguiu liminar para não pagar a taxa de gerenciamento, com prejuízo milionário aos cofres públicos.

Oitiva da Transerp

No último dia 19 de maio, a CPI do Transporte ouviu o superintendente da Transerp, Antônio Carlos de Oliveira Júnior, que afirmou que a empresa se reuniria com a Comissão do Transporte Coletivo, criada pela atual administração, e começaria a notificar o Pró-Urbano a fim de sanar as irregularidades operacionais constatadas. 

Mais