ENTRADA DE ANIMAIS NOS PARQUES É DEBATIDA EM COMISSÃO

março 19, 2018


A Comissão Especial de Estudos que analisa as implicações práticas e o cumprimento da Lei 13.882/2016, que trata da postura municipal em Parques Públicos - entrada de animais, reuniu-se na noite desta quarta-feira, 14 de março. O vereador Jean Corauci ouviu Luis Anselmo Zuccolo Junior, ouvidor e corregedor da Guarda Municipal de Ribeirão Preto. 

Zuccolo explicou que o principal desafio da Guarda em relação ao cumprimento da legislação é conscientizar a população sobre quais tipos de animais podem entrar nos parques, uma vez que a lei especifica alguns requisitos para isso, entre eles raça, tamanho e peso. Informou que os guardas têm dificuldades em fiscalizar e controlar o acesso dos animais não permitidos, entre outros motivos, pela falta de orientação e porque o efetivo da Guarda Municipal é reduzido.

Outra questão abordada no encontro é o não comprometimento de algumas pessoas em recolher os dejetos desses animais, situação que gera problemas entre os frequentadores dos parques. Rodrigo Simões ressaltou que isso potencializa a intolerância por parte daqueles que não querem o convívio com animais, por isso a importância da presença de representantes de organizações nos encontros para discutir as soluções.

A próxima reunião da Comissão de Estudos acontecerá no prazo máximo de dez dias, e mais pessoas serão ouvidas para esclarecimentos sobre a viabilidade da lei na cidade.


Posts Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário