CEE da Maria Fumaça ouve presidente do Brasil Convention & Visitours Bureau

março 29, 2018


A Comissão Especial de Estudos da Maria Fumaça, que foi criada com o objetivo de encontrar meios para a sua preservação, ouviu na tarde desta quinta-feira, 29 de março, o presidente do Brasil Convention & Visitours Bureau, Márcio Santiago.


Responsável pelo projeto que iria restaurar as Marias Fumaça e as Estações Mogiana e Barracão, Márcio afirmou que existia o recurso liberado pelo ministro do Turismo, Marx Beltrão, e por falha da prefeitura, que deixou de enviar a documentação necessária dentro do prazo, a verba foi perdida.

O Jean Corauci, conheceu o projeto apresentado, que contempla além da restauração das estações e dormentes, a melhoria do entorno das estações com ciclovias e paisagismo adequado.

Maraca questionou a respeito da justificativa do secretário do Turismo de Ribeirão, que o recurso federal foi preterido por a prefeitura achar conveniente que esta verba venha da iniciativa privada. Márcio acredita que esta justificativa não condiz com a verdade, visto que passados nove meses, nenhuma empresa privada se manifestou ou foi citada para colocar em prática o projeto.

Em Ribeirão Preto existem duas das dezesseis Marias Fumaças do Brasil. A importância de incentivar o turismo em Ribeirão foi citada por Márcio, valorizando a história da cidade e da época da ferrovia.

Jean Corauci concluiu sobre a importância das estações, “Ribeirão dependeu da Mogiana, é a história da cidade.”

Os vereadores receberam toda documentação apresentada por Santiago, que será anexada no processo da CEE.

Posts Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário